Gastronomia Maringá Paraná Restaurantes

Vaca Louca Café Vegetariano

Estava vindo para Maringá a passeio, e, por coincidência, encontrei alguns maringaenses em Curitiba mesmo e também no caminho, para os quais eu fazia a mesma pergunta: “Onde posso comer veg em Maringá?” todos respondiam: “Vai no Vaca Louca”.

Então, eis que fui no tal do Vaca Louca! Já amei chegando lá, é um café super fofinho, bem cuidado e com atendimento impecável! Me lembrou muito a vibe do Veg Veg de Curitiba, que inclusive já fiz um post aqui. E aí, conversando com um dos donos do Vaca Louca, descobri que são amigos dos donos do Veg Veg, aí fez mais sentido ainda eu lembrar muito do Veg Veg hehe.

O café é vegetariano, ou seja, tem opções ovolactovegerarinas, mas, também, tem muuuitas opções veganas! Vou deixar foto do cardápio aqui pra vocês darem uma olhadinha, mas tem lanches como hambúrguer, cachorro quente, baguete, sanduíche, coxinha, uma variedade imensa de doces lindos e veganos, café (claro né hehe), sucos, cerveja.. tem muita coisa, então dá para agradar todo mundo!

Vamos lá ao meu pedido! Faz um tempo que estou “viciada” em bebidas com gás, então quando vi que tinha soda italiana me brilhou os olhos e foi ela mesma que pedi. Achei de tamanho bem generoso a soda, saborosa e ponto positivo que vem sem canudinho. Arrasaram!

Eu estava com vontade de comer um hambúrguer, pois amo/sou hambúrguer, e sempre gosto de provar a opção mais “x-salada tradicional” dos lugares, que aí se o clássico é bom, os outros são bons também. Não sei se faz sentido aí para vocês mas é uma lógica que aprendi com um amigo haha. Então escolhi o 77, que é o pão, hambúrguer vegetal (delicioso), maionese, alface, tomate e omelete de tofu (p-e-r-f-e-i-t-o!) e ainda acompanhava fritas. Gente, fiquei tão alimentada e comi tão bem sabe? Amei!

Antes de ir lá, no dia anterior pedi para o meu companheiro que estava na rua de bike trazer um salgado pra eu jantar, aí ele trouxe pastel assado de palmito, coxinha de “frango” e um bolo de chocolate com paçoca. E por estar de bike, ele ganhou desconto. Sensacional né?

O café funciona de terça a domingo, mas no último domingo do mês o café não abre, então no último sábado acontece um almoço temático vegano, uma pena que não estava aqui para ir. Fiquei sabendo que o último foi feijoada. #queria

Essa foi minha experiência no Vaca Louca, muito feliz por encontrar um café vegetariano no interior e pela qualidade ser incrível! Parabéns a todos os envolvidos! E por mais difícil que pareça essa jornada do vegetarianismo algumas vezes, continuem nesse caminho, vocês são f#da!

Vou deixar aqui as Redes Sociais do Vaca Louca pra vocês acompanharem o trabalho deles e também vou deixar as minhas Redes Sociais, para vocês acompanharem o meu trabalho hehe 😀

Vaca Louca: Instagram & Facebook

Nômade Veg: Instagram, Facebook & Pinterest

É isso pessoal, espero que tenham gostado da avaliação e quem for de Maringá ou estiver a passeio como eu, não deixe de visitar esse café tão incrível, a favor da diversidade, do respeito e do amor!

 

Beijinhos iluminados,

 

 

Related Posts

No Comments

Leave a Reply